SEHA - Notícias - Instituto Municipal de Turismo cria guia para eventos em Curitiba
logotipo
seja socio do sindicato
contribuição online
Acesse a contribução on-line

Notícias

  • 09/03/2018

    Instituto Municipal de Turismo cria guia para eventos em Curitiba

    Instituto Municipal de Turismo cria guia para eventos em Curitiba
    O Instituto Municipal de Turismo de Curitiba elaborou um “guia” para produtores de eventos, que lista todos os espaços para congressos e shows da cidade. O documento mostra as características de cada local, como capacidade de público, metragem, número de salas e auditórios e quantidade de vagas no estacionamento.

    A presidente do Instituto, Tatiana Turra, conta que o material é inédito em Curitiba. “Estamos trabalhando para tornar a cidade mais atraente e contribuir para o mercado de eventos”, diz. O documento ficará disponível para consulta em www.turismo.curitiba.pr.gov.br.

    Em 2017, Curitiba teve mais de 330 shows, congressos profissionais e técnico-científicos, eventos esportivos e festas religiosas. Importante para o turismo e a economia local, o setor de eventos encontra na cidade um ótimo local para seus profissionais trabalharem. São 158 espaços, que juntos têm capacidade para atender 245 mil pessoas.

    Segundo Tatiana, a infraestrutura de Curitiba comporta eventos de diversos perfis e tamanhos. “Esse levantamento é parte de uma iniciativa para organizar a demanda e facilitar o trabalho dos produtores que, em muitos casos, são de outras cidades”, explica ela.

    O diretor executivo dos espaços de eventos do Grupo Positivo, Marcelo Bueno Franco, explica que Curitiba tem grandes diferenciais competitivos. “O custo-benefício da nossa cidade é muito interessante para qualquer organizador”, afirma Franco. O grupo tem cinco espaços para eventos, entre centros de convenções e teatros.

    Além das redes hoteleiras, de restaurantes e shoppings e do aeroporto, Franco considera a cadeia de serviços – segurança, recepcionistas, produção - que cerca os eventos, um aspecto positivo. “Damos um excelente serviço por um custo menor que outras cidades”, diz ele.

    No fim do ano passado, organizadores de eventos celebraram uma novidade: a redução da alíquota do ISS de 5% para 2%, medida que visa fortalecer o setor, que tem impacto direto no turismo. O assunto foi amplamente debatido pelo trade turístico no ano passado no auditório do SEHA.

    Este conteúdo foi publicado na 55ª edição do Jornal Seha. Acesse a edição completa clicando aqui!