SEHA - Notícias - Comunicação efetiva: como não passar a mensagem errada aos clientes
logotipo
seja socio do sindicato
contribuição online
Acesse a contribução on-line

Notícias

  • 14/02/2018

    Comunicação efetiva: como não passar a mensagem errada aos clientes

    Comunicação efetiva: como não passar a mensagem errada aos clientes
    A comunicação é uma das partes mais importantes de uma empresa, é através dela que se faz a conexão entre companhia e cliente – em todas as etapas de vendas. Para compreender um pouco melhor deste processo, é preciso conhecer os principais fatores dele:

    Emissor: comunicação que a empresa transmite.
    Receptor: mensagem que o cliente recebe.
    Canal: por quais meios a mensagem será enviada. Ex: Facebook, e-mail, Instagram, telefonema, Whatsapp.
    Feedback: é o retorno que a empresa recebe sobre a mensagem enviada.

    Agora que os itens do processo estão mais claros, precisamos falar sobre os ruídos. Eles são os grandes vilões da falha na comunicação. Se você parar para pensar, vai ver que nem sempre todas as pessoas entendem uma mensagem da mesma maneira, e isso pode causar prejuízos para as companhias. Por isso, é preciso construir um conceito comum para ambos os lados na hora de repassar o que vai ser comunicado. Veja algumas dicas que podem te ajudar a combater os ruídos:

    Aposte no atendimento pós-compra: a forma com a qual você trata os seus clientes e dá espaço para receber feedbacks é importantíssima no trabalho de fidelização. Muitos clientes sentem-se desconfortáveis para fazer uma reclamação e preferem não voltar ao local a ter que entrar em “conflito”. Tenha você a iniciativa de solicitar o feedback e ganhe a possibilidade de esclarecer dúvidas e solucionar situações de forma ágil e objetiva.

    Escolha o canal correto: cada público exige um canal diferente para receber a informação de um jeito mais eficaz. Analise o assunto, como a mensagem pode ser passada, a tecnologia disponível e até seus recursos financeiros.

    Defina a linguagem: cada canal e cada público específico podem receber um tipo de comunicação diferente. Usar vários termos técnicos e linguagem muito formal pode acabar causando ruídos no entendimento da mensagem, como também usar gírias pode passar falta de credibilidade da empresa.

    Use as palavras certas:
    algumas palavras podem ter significados semelhantes, mas a interpretação acontece de diferentes maneiras. Para evitar este problema, utilize frases que sejam entendidas facilmente, sem serem muito grandes e pesadas. É imprescindível ter um conteúdo interessante e uma boa pontuação.
     
    Fonte: Uol