SEHA - Notícias - Dicas para melhorar o suporte ao cliente
logotipo
seja socio do sindicato
contribuição online
Acesse a contribução on-line

Notícias

  • 29/12/2017

    Dicas para melhorar o suporte ao cliente

    Dicas para melhorar o suporte ao cliente

    Um dos caminhos para reduzir custos e agilizar o atendimento ao cliente são os suportes automatizados, que têm sido cada vez mais adotados por empresas de variados setores.


    De acordo com Arthur Debert, cofundador da plataforma de entregas Loggi, durante palestra realizada na sede do Nubank, em São Paulo, as pessoas não gostam de falar com outras pessoas. “O que elas querem é ver seus problemas resolvidos rapidamente. É melhor receber um SMS com uma solução, do que perder tempo em uma ligação”, afirmou o especialista.


    Uma pesquisa realizada pela revista Pequenas Empresas Grandes Negócios sobre a importância do atendimento ao cliente mostrou ainda que 61% dos entrevistados afirmaram que preferem um bom atendimento a descontos ou qualquer outro tipo de “vantagem” que a empresa possa oferecer.


    Confira algumas dicas para melhorar e inovar o atendimento dos seus clientes e manter o fluxo da sua empresa:


    Automatização como parceira


    É possível reduzir custos e aumentar a qualidade do atendimento com a automação. Ela pode ser mais veloz e resolver problemas simples de forma ágil e satisfatória. Vale lembrar que, por mais que a robotização do atendimento seja uma tendência, os operadores humanos seguem desempenhando um papel fundamental, porém, de forma mais estratégica. Chamados mais complexos, que precisam de um diálogo entre a empresa e o consumidor, continuarão no escopo de trabalho destes funcionários.


    Conheça as dores do seu cliente


    Entenda o seu usuário e se coloque no lugar dele. Teste você mesmo as suas ferramentas de atendimento antes de disponibilizá-las. Ela é fácil de usar? Funciona bem? Resolve de forma satisfatória os seus problemas? É importante acompanhar toda a experiência do seu cliente, afinal, as pessoas reagem de uma maneira diferente quando realmente estão enfrentando um problema.


    Fonte: Pequenas Empresas Grandes Negócios