SEHA - Notícias - Gestão ativa: redução nos custos empresariais
logotipo
seja socio do sindicato
contribuição online
Acesse a contribução on-line

Notícias

  • 29/11/2017

    Gestão ativa: redução nos custos empresariais

    Gestão ativa: redução nos custos empresariais
    A redução de custos empresariais começa pela gestão eficiente dos empreendedores, e envolve um trabalho de organização e planejamento. Pequenas ações no dia a dia podem fazer uma grande diferença no orçamento da empresa: o uso consciente de água, energia e papel, por exemplo, impacta positivamente nas contas e ainda contribui para a sustentabilidade, diminuindo impactos ambientais.

    De acordo com o Sebrae, um dos grandes motivos para uma empresa não ter sucesso é a falta de gestão básica dos donos. Por isso, algumas modificações podem – e devem – acontecer na sua empresa.
    Veja quais!

    Conscientização: esse é o primeiro passo a ser seguido. Conscientizar todos que estão direta e indiretamente ligados à organização é essencial para reduzir os custos desnecessários. Mostrar a questão da sustentabilidade, o impacto ambiental e até como essa redução pode beneficiar a empresa é fundamental.

    Papéis: adotar o papel reciclado é uma boa opção para reduzir custos de impressão. Além disso, é importante orientar os funcionários que algumas folhas podem ser impressas frente e verso, principalmente quando vão virar rascunhos. Melhor ainda é usar a tecnologia que temos a favor da empresa – adotar mais e-mails e arquivos online ajuda muito na contribuição com o meio ambiente.

    Energia elétrica: o excesso do uso da luz é um dos maiores vilões dos gastos desnecessários na empresa. Apagar as luzes quando a sala não está sendo usada, desligar os computadores ao sair do local, colocar lâmpadas que consomem menos energia e aproveitar mais a luz solar são ações essências para evitar o desperdício. Além disso, uma ótima possibilidade é abrir mais as janelas e deixar o ar condicionado somente para dias muito quentes.

    Telefone: opte por fazer ramais diretos dentro da sua empresa – as ligações não têm custo e são mais simples. É importante comentar com os funcionários que ligar de celular para celular ou de fixo para fixo as ligações ficam bem mais baratas.

    Copos de água e café: incentive os funcionários a usarem canecas e garrafinhas de água individuais. Um bom investimento inicial é fornecer essas canecas, o que incentiva ainda mais o uso e não deixa desculpa para abandonar de vez os copos de plástico.

    Quando falamos especificamente do setor de hotelaria, é possível fazer algumas mudanças no dia a dia da empresa que alteram positivamente o caixa e contribuem para o meio ambiente.

    Fazer parceria com produtores locais, por exemplo, pode ser uma excelente opção, tanto quando falamos de alimentos quanto produtos, como sabonetes, produtos de limpeza e até cabides. Oferecer um café da manhã feito com esses produtos significa uma entrega de alimentos mais frescos e que influenciam positivamente a comunidade local.

    Você pode ainda usar os recursos naturais de forma mais consciente, como realizar o aproveitamento da água da chuva, fazer uso da energia solar e reciclar todos os materiais descartados da forma correta.

    Fonte: Sebrae e Ecohospedagem